Amargos deleites...

Imagem: Deviantart
Um belo dia tive um encontro com Morpheu
Entre símbolos, ícones e sinais
Ele me disse: toma que o filho é teu!

Meu? Logo eu disse...
Sim! Ofereço-te porque sonhas
Não sejas ingrato, aceite de bom grado;
Pesadelos podem ser bons.

Devaneios às vezes são belos
Fantasias permeiam os contos
Era uma vez tem três pontos
Final feliz sem tormentos

Pensei... onde está o meu?
Mundo encantado que não aconteceu
Durmo pobre e acordo plebeu
Sem fada, varinha, princesa ou o que quer que seja!

Não há mau sonho em que não se acorde, disse Morpheu.
Há que se provar o fel, pra saborear o mel.
O doce da vida está por se descobrir.
J.C.Carvalho

4 Falas das existências...:

Flavitcho disse...

e que seja logo descoberto. =]

Talita Prates disse...

Ahhh, que graça!
Com algumas pérolas:

"Durmo pobre e acordo plebeu"

"Há que se provar o fel, pra saborear o mel."

adorei!

Talita.

PS: só não gostei da imagem. =/

[ rod ] ® disse...

O encanto floresce nas poucas certas atenuadas na raiz de todas as crenças. Vivo e mortal o sonho só ensina e favorece a idéia: quero e não quero! Abs campeão.

Julio César Carvalho disse...

Flavitcho: Que assim seja!!

Talita: Eu e minhas pérolas... hehehe vc me conhece, tenho os meus cinco minutos!! kkkk

Rod: Sonhos nos favorecem mesmo! Nos enobrecem!!!

Obrigado pela visita!!!

    Busca