Primavera...

Flores
São recatadas
Ficam vermelhas,
rosas pro mundo ver

Primavera chegou
Trazendo vida, cor
Luz, aroma, flor, amor!!

Inspirações, visões, alucinações, corações
Como é bom cultivar a primavera na vida...
J.C.Carvalho

Fala que eu te escuto...



O que falar?

"Eu não sei dizer,
nada por dizer.
Então eu escuto

Se você disser,
tudo que quiser.
Então eu escuto.

Fala..."

Um sinal, pombo-correio, postal, fumaça, Morse, bilhete, torpedo, e-mail,

Um aval...

Sim!!!

Parabéns Avaré...


Terra amável de um povo bondoso
Foi teu marco uma humilde capela
Que iniciando um destino glorioso
Fez surgir esta urbe tão bela
Salve, salve Avaré, eia avante!
Pela senda de um belo porvir
Que teu lema feliz, triunfante
Sempre foi combater, progredir

Parabéns Avaré!! 148 primaveras!!

Feroz...

“É curioso não saber dizer quem sou.
Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer.
Sobretudo tenho medo de dizer
porque no momento em que tento falar
não só não exprimo o que sinto
como o que sinto
se transforma
lentamente no que eu digo"
(Clarisse Lispector)


Tenho inferno e céu dentro em mim
Um diabo que me atenta
Maldade que me enfrenta
Possuido, quem me agüenta?
No meu céu vivo a bondade
Um anjo de carinhos, abraços, amizade
Luz, amor e caridade
Envolvido, o que me afugenta?
J.C.Carvalho
*PS.: Palavras são como os boêmios, gostam de sair a noite...

Independência ou morte...

Já podeis da Pátria filhos,

Ver contente a mãe gentil;

Já raiou a liberdade

No horizonte do Brasil

Já raiou a liberdade,

Já raiou a liberdade

No horizonte do Brasil.


Brava gente brasileira!

Longe vá temor servil

Ou ficar a Pátria livre

Ou morrer pelo Brasil;

Ou ficar a Pátria livre,

Ou morrer pelo Brasil.


*PS: Quem se lembra? Saudades da época do primário...

Infecção crônica...

"O primeiro amor passou
O segundo amor passou
O terceiro amor passou
Mas o coração continua..."
(Carlos Drummond de Andrade)

Apesar de tudo!
Apesar de tudo e de todos!


Das dores / dos temores
Dos horrores / dos humores
Dos calores / dos fervores
Dos censores / dos vetores
Dos pudores / dos valores
Dos odores / dos fedores
Dos pacificadores / dos estressores
Dos corredores / dos elevadores
Dos compradores / dos vendedores
Dos sofredores / dos acolhedores
Dos atores / dos amadores
Dos educadores / dos professores
Dos faladores / dos silenciadores


E amor nenhum!
E nenhum amor!
Ter amores é ter amor nenhum...

J.C.Carvalho

*PS: Com colaboração de J.J.C.C. Rocha!!

    Busca