Primavera...

Flores
São recatadas
Ficam vermelhas,
rosas pro mundo ver

Primavera chegou
Trazendo vida, cor
Luz, aroma, flor, amor!!

Inspirações, visões, alucinações, corações
Como é bom cultivar a primavera na vida...
J.C.Carvalho

Fala que eu te escuto...



O que falar?

"Eu não sei dizer,
nada por dizer.
Então eu escuto

Se você disser,
tudo que quiser.
Então eu escuto.

Fala..."

Um sinal, pombo-correio, postal, fumaça, Morse, bilhete, torpedo, e-mail,

Um aval...

Sim!!!

Parabéns Avaré...


Terra amável de um povo bondoso
Foi teu marco uma humilde capela
Que iniciando um destino glorioso
Fez surgir esta urbe tão bela
Salve, salve Avaré, eia avante!
Pela senda de um belo porvir
Que teu lema feliz, triunfante
Sempre foi combater, progredir

Parabéns Avaré!! 148 primaveras!!

Feroz...

“É curioso não saber dizer quem sou.
Quer dizer, sei-o bem, mas não posso dizer.
Sobretudo tenho medo de dizer
porque no momento em que tento falar
não só não exprimo o que sinto
como o que sinto
se transforma
lentamente no que eu digo"
(Clarisse Lispector)


Tenho inferno e céu dentro em mim
Um diabo que me atenta
Maldade que me enfrenta
Possuido, quem me agüenta?
No meu céu vivo a bondade
Um anjo de carinhos, abraços, amizade
Luz, amor e caridade
Envolvido, o que me afugenta?
J.C.Carvalho
*PS.: Palavras são como os boêmios, gostam de sair a noite...

Independência ou morte...

Já podeis da Pátria filhos,

Ver contente a mãe gentil;

Já raiou a liberdade

No horizonte do Brasil

Já raiou a liberdade,

Já raiou a liberdade

No horizonte do Brasil.


Brava gente brasileira!

Longe vá temor servil

Ou ficar a Pátria livre

Ou morrer pelo Brasil;

Ou ficar a Pátria livre,

Ou morrer pelo Brasil.


*PS: Quem se lembra? Saudades da época do primário...

Infecção crônica...

"O primeiro amor passou
O segundo amor passou
O terceiro amor passou
Mas o coração continua..."
(Carlos Drummond de Andrade)

Apesar de tudo!
Apesar de tudo e de todos!


Das dores / dos temores
Dos horrores / dos humores
Dos calores / dos fervores
Dos censores / dos vetores
Dos pudores / dos valores
Dos odores / dos fedores
Dos pacificadores / dos estressores
Dos corredores / dos elevadores
Dos compradores / dos vendedores
Dos sofredores / dos acolhedores
Dos atores / dos amadores
Dos educadores / dos professores
Dos faladores / dos silenciadores


E amor nenhum!
E nenhum amor!
Ter amores é ter amor nenhum...

J.C.Carvalho

*PS: Com colaboração de J.J.C.C. Rocha!!

Agosto...

Desgosto

Agosto
Gosto

Quando gosto faço gosto
Não deixo nada a-gosto
Para não criar desgosto

Gosto não se discute
A-gosto pode ser dosado
Desgosto suportado

Agosto de gostos e desgostos
J.C.Carvalho

Aos Psicólogos...

"Para se levar um homem ao seu centro é preciso
chegar onde ele se encontra e começar daí.,
Este é o segredo da arte de ajudar os demais..."
(Soren Aybe Kierkegaard)
Parabéns aos companheiros Psicólogos!!!

Indefinido...

Amar é expressão
Conjugada em todo tempo
Que a vida traz contento
Um alento ao coração

Palavra sentida
Nem sempre entendida
As vezes clara, nítida, límpida
Batalha é encontrar sua lógica

Algo que ainda está por vir
A experiência de um sonho
Vivências de fantasia
Durmo, acordo, devaneio...

Investidas, apostas, riscos
Compramos bilhetes, lançamos dados
Adentramos um jogo, pagamos o preço
No final qual resultado?

Laços são criados
Ajustes feitos, adequados
Firmamos um pacto
Quem fica, quem sai?

Palavras jogadas ao vento
O amor a vida traz contento
Possibilidades: acertar, errar
O que há de errado com o verbo amar
?
J.C.Carvalho



* Na tentativa de definir o indefinido...

Ousadia...

Saio alucinado em tua caça
Vida está meio sem graça
Solidão é uma desgraça
To querendo me enroscar

Sua presença é o que procuro
Meus passos seguem no escuro
Nos ouvidos teu sussurro
Quero logo te encontrar.

Na minha boca o seu beijo
Sua pele meu desejo
Os teus olhos eu não vejo
É tão vago teu estar.

Eu assumo qualquer risco
Pra te ter eu me arrisco
E provar um só petisco
Que o amor pode me dar
J.C.Carvalho

Ao meu herói...

Lembra do nosso lar, da festa e do perdão

Você inteiro e feliz e eu rolava de rir

Como te esquecer? Tão frágil e meu herói

Te ver sair pra não voltar, nem sei como explicar...

Não quero mais me ver chorar eu só preciso te dizer

Que sozinho e sem você eu tive medo!


Pai

Sempre haverá um lugar, eu estarei a te esperar

Você sempre foi meu herói, você me faz falta

A vida amadureceu nas coisas que eu perdi

O teu lugar ficou tão só mas eu nunca desisti

Na esperança vou, um dia a gente se vê

Deus sempre vem me visitar, pra saudade consolar...
(Ziza Fernandes)

Despedida...

“Se me esqueceres, só uma coisa,
esquece-me bem devagarinho...”

(Mário Quintana)

Vai, pode ir
Fecha a porta
Sei que não tem volta
É dolorido seu partir

Tudo passa
Nao vou nutrir esperanças
Coração também se cansa
Paciência basta

A trama continua
Recolho meus retalhos
Reparo a vida com remendos
Agora é cada um na sua

Talvez amanhã
365 dias virão
Inverno, verão
Quero primavera em minha vida
J.C.Carvalho

Aos amigos...


O percurso da vida nos presenteou com a roda
Firme, forte, segura, coesa, fechada...
Assim começa a amizade,
Numa simples brincadeira!

Uma roda em casa, família em roda,
Lar de amigos!
Uma roda na escola, na rua...
A esfera vai se ampliando e temos um circulo!

Que bom saber que você está no meu círculo
Estável, potente, brando, intenso, ligado...
Assim se eterniza nossa amizade
Brincadeira que vale a pena!

Mesmo crescidos pulamos nossas cordas
Pega-pega, esconde-esconde,
A ciranda da vida vai girando...
Em suas mãos encontro abrigo
J.C.Carvalho

PS.: Aqui vai uma simples homenagem ao meu círculo de amigos, aos que permanecem, aos que ficaram, tornam minha caminhada mais suave e fazem a diferença na minha vida. Não quero ser injusto em citar nomes e correr o risco de esquecer alguém, você que me visitou sinta-se visitado, abraçado...
Feliz dia do amigo!!

Desabafo...

Lamento, vou passando por aqui...
Fiz o que pude
Mudei de atitude
Mas já desisti

Lamento não mais lamentar meu lamento
Se fiz foi por gosto
Volto agora o sorriso no rosto
Quero a vida sem tormento

Insônia
Perturbação
Inquietação
Palpitação

Viver são, esse é o destino e o limite!
Tempus fugit!! A vida é urgente!!
Bola pra frente!!

J.C.Carvalho

Desordem...

Se eu soubesse...

Talvez teria escrito cartas,
Calculado minhas palavras
Abraçado mais forte
Me embriagado com teu cheiro
Olhado os teus olhos
E contemplado sua beleza

Talvez tivesse feito tudo diferente
Talvez não teria sido eu...

A grande confusão começou quando se tentou encontrar explicação

Ah se eu soubesse...

J.C.Carvalho

Vácuo...


Estou cheio do vazio que vem de ti...


Desocupado de tua alma não encontro abrigo
Abandonado por tua mão espero amparo
Descuidado de teus cuidados procuro ombros
Esvaziado de tua presença tenho espaço vago


Coração precisa ser povoado e
Nas mãos o vazio...
J.C.Carvalho

O que basta...


Para meu coração basta teu peito
para tua liberdade bastam minhas asas.
Desde minha boca chegará até o céu
o que estava dormindo sobre tua alma.

Pablo Neruda

Momentos Tarso Cadore...

Tem coisas que só eu vejo...
Tem coisas que só eu ouço...
Tem coisas que só eu faço...
Quando me estresso eu fico me repetindo!

Sou Conduzido pela demência?

F20? F22? F30? F31?

HaLdoL! RiSpErIdOnA! DiAzEpAm!
PrOmEtAzInA! HoYpInOl!

Que funcionamento existencial é esse?
J.C.Carvalho

Ribeirão 153 Primaveras... Parabéns!!



A minha terra é um coração

Aberto ao sol pelas enxadas

Sangrando amor e tradição

No despertar das madrugadas

História exemplo, amor e fé

Assim traçamos teu perfil

Ribeirão Preto, terra do café

Orgulho de São Paulo e do Brasil

Começa hoje...


De 18 a 28 de junho
Milhares de livros
Convidados especiais

http://www.feiradolivroribeirao.com.br

Rastros...

Felicidade: um ponto exato de procura por aquilo que não tem ponto.
Busca incansável, origem desconhecida, encontro provável...
Pensamentos flutuam... ZzZzZz...


Por onde andas? Pra onde vou? Tens endereço fixo?
Andar, Correr, lutar, mergulhar, afundar, beber, comer, encher...
O que faço com tudo isso? O que procuro está escondido...
Felicidade... aparece-te! Ou vou me perder nos trilhos...
J.C.Carvalho

Caminhos...



Preciso começar a escrever as minhas viagens,
colocar em dia o passaporte da vida... E viajar!
Viagens que variam da china... a lua!!
Viajar é preciso: trilhos, rotas, estradas,
maioneses...
J.C.Carvalho

Valores...

Contabilizando a vida:

lucros, ganhos, perdas e danos;

Impostos? Restituição? Devolva-me!!!

J.C.Carvalho

    Busca