Arquitetura imperfeita...


Eu colho pedras...
Vou te construindo dentro em mim
A cada pedrada tu te firmas
Eu me firmo
Me afirmo!

Te construir em pedra bruta
Bruta, com todas as lutas
Aceito as tacadas
Sua forma inacabada
Se edifica abalada

Solo bom te ofereço
Terreno que não tem preço
Aluguel ou mesmo imposto
Te recebo com gosto
Que fazer se preferes o poço?
J.C.Carvalho

"Pedras no caminho? Guardo todas,
um dia vou construir um castelo..."
Fernando Pessoa

6 Falas das existências...:

c.miChel disse...

boa, ainda não havia lido. blog muito interessante.

ANGELO GUSTAVO disse...

"...é pau, é pedra, é o fim do caminho, resto de toco, pouco sozinho..."

Há flores que nascem em pedras, rochedos. São as mais fortes, vivem com pouca água, estão acostumadas a beber pouco, mal sabem do rio que passa por debaixo delas...

"... é promessa de vida no teu coração..."

Gusta vão!!!

Ana disse...

Lindo Júlio!!! Mas vc não merece pedradas..rsrssr

Julio César Carvalho disse...

Michel: Vlw pelo apoio!!

Gustavão: Flores de plástico, em rios e pedras... há beleza em tdas elas; porém, precisam ser notadas; sem isso não há pq!
"Aquele que tem um pq enfrenta qualquer como..." Vitor Frankil

Ana: Merecer ngm merece, mas as pedradas existem e estão aí!! hehe td mundo tem um dia de Madalena... kkk

Obrigado pela visita!!

Talita Prates disse...

Curti!

>> Sim, Adélia.
De vez em quando
eu também só vejo pedra
na pedra.
A pedra denotativa,
denotativos: a angústia, a solidão,
a espera, o cansaço.
Farei como Amélie:
juntarei as pedras no bolso
e me divertirei com elas. <<

Talita

Julio César Carvalho disse...

Opa!!!

Adélia é demais!!! Ótima reflexão!!
Embora vamos de Amélie, outra fodástica!! hehehe
Pra alguma coisa as pedras servem néh?

Obrigado pela visita!!

    Busca